quarta-feira, 29 de junho de 2016

Lost in Translation 3

Postado por | 10:26:00


Mais um grande episódio da série Lost in Translation.


Kirby 64


Kirby já é conhecido por ter muitas diferenças entre as cover arts dos seus jogos, onde na versão japonesa o Kirby está sorriso, com um aspecto mais fofo, enquanto na versão ocidental está com uma expressão mais agressiva. Isso é uma forma de não afastar o Kirby dos jogadores ocidentais.

Por algum motivo, no game de N64, eles mantiveram a mesma expressão, o motivo? Talvez preguiça de bolar algo diferente ou melhor.

A principal diferença é na cor do fundo, onde na Japa é rosa e na americana é azul.


Mario Kart 64


Essa grande franquia da Nintendo que passa por todos os sistemas de mesas da Bing N, desde o Snes, aqui não poderia ser diferente. Nesse game de corrido com ‘gifs’, foi um marco por possibilitar que 4 jogadores pudessem jogar simultaneamente, tanto que o lançamento japonês era um bundle que vinha com um controle, facilitando com que os jogadores jogassem multiplayer logo que adquirissem o game.

(Imagem do Bundle Japonês)

Ambas as artes usam o modelo 3D, o que é uma exceção para esse caso, principalmente por somente a pista ser em 3D e os personagens ‘gifs’.

Na cover art japonesa o foco é o Mario, e na americana é uma ‘amostra’ do game ou da ação dele. Dessa vez, tenho que admitir que a arte americana é melhor.


Rockman Dash/Megaman 64


Assim como uma grande parte dos games de N64, a versão do Megaman Legends recebeu o nome de “Megaman 64”, se diferenciando do original que é “Rockman Dash”. O N64 só recebeu o primeiro game dessa franquia.

Mais uma vez vemos uma cover art estilo desenho na versão japonesa e 3D na americana, com um zoom no Megaman.

Apesar do 3D deixar o Megaman meio vesgo, ainda está longe de ser ruim igual às primeiras capas do megaman para NES.

 (Como estragar um cover art!)


Mischief Makers/Yuke-Yuke Trouble Makers










Talvez o exemplo mais clássico da discrepância entre as versões da cover art.

Mischief Makers é um clássico do N64, que na época passou batido, sendo um dos poucos jogos do N64 a ser em 2D e não em 3D, como era o padrão da época.

A cover art da versão japonesa é excelente, onde mostra a personagem principal segurando vários outros personagens de uma só vez, com um simples fundo branco. Essa ilustração consegue transmiti tudo que o game é de uma só vez. A) O game é em 2D; B) a habilidade principal da personagem é segurar coisas; C) É um game que promete ter momentos engraçados.

Já a cover art americana é, literalmente, uma merda! A personagem ficou muito feia em 3D (algo que já é normal em outros casos), segundo que a impressão que nós temos é que dela voa, o que não é necessariamente isso que ela faz, ao fundo vemos vários rosto que é de dar medo fazendo imaginar que eles são capangas genéricos, entretanto, por que ela está feliz? Será que ela enganou os vilões? Ou por que ela é vida louca mesmo?

Sinceramente, eles cagaram na cover art americana.

(Até o Bill não gostou dessa)


Espero que tenham gostado desse mais um Lost in Translation!

Comentem abaixo o que acharam dessa seleção de capas.

Até a próxima!


Compartilhar este artigo
Google ( 0 )

Comentários ( 0 )

Postar um comentário

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template