terça-feira, 27 de março de 2018

Primeiras Impressões do Controle da Retro Fighters [Brawler 64]

Posted by | março 27, 2018

"Esse post não é o review/análise completa do controle e sim 'primeiras impressões', a análise completa desse controle sairá nos próximos dias. Além disso, nós não recebemos de graça esse controle, nós compramos para o nosso uso pessoal"

Como prometido, hoje eu darei as minhas primeiras impressões sobre o controle da empresa Retro Fighters, a análise mais detalhada eu farei daqui a alguns dias, pois eu quero passar um pouco mais de tempo com o controle para poder ter uma opinião mais concreta sobre o mesmo. Ainda assim, eu tentarei ser o mais detalhado o possível nesse texto, apesar que muitos desses jogos eu só joguei por poucos minutos, assim o que eu vou dizer aqui é algo ainda em andamento.

O controle em si



O controle tem uma boa pegada, ergonômico e com um bom tamanho. Os dedos alcançam todos os botões e tudo passa a sensação de naturalidade, os botões são macios de se apegar (principalmente os dois botões "Z"), e percebi que eles fazem um barulho um pouco mais alto que o controle original, só que não chega a incomoda. Outra coisa que você percebe ao segurar o controle pela primeira vez é que ele é bem leve, passando aquela sensação de ser um produto barato (o que não é necessariamente algo ruim, só o tempo dirá com certeza).

Algumas diferenças são que os botões "C's" que são levemente maiores nesse controle, o que é algo bom! Os botões "B" e "A" são achatados no topo (em vez de serem arredondados como no original), isso pode causar certa estranheza para as pessoas que estão acostumados com os controles originais, e como é possível perceber na foto abaixo, eles são mais baixos que os botões "C's".

(Veja que os botões desse controle são achatados)


A porta de expansão do controle está lá, ela funciona perfeitamente com o Controller Pak e Rumble Pak (algo que vou detalhar mais a frente nesse texto), só não funciona o Transfer Pak, conforme já dito pela Retro Fighters. Algo que notei foi que a trava estava torta, entretanto é preciso deixar claro que isso em nenhum momento atrapalhou a colocação, fixação e retirada dos acessórios.


(A trava está torta, isso não atrapalho em nada na fixação e retirada dos acessórios)

A função de Turbo funcionou em todos os jogos que eu testei! O controle usa parafusos Philips em vez do "gamebit", significa que será fácil de abrir o controle para eventual conserto (no caso do botão L, que vou mencionar no final desse texto).

Agora vamos falar dos jogos que testei.

Super Mario 64


Depois de anos jogando SM64 com o controle original, foi um pouco difícil de jogar com outro controle, apesar que isso não atrapalhou o meu desempenho com o jogo, é só questão de se acostumar com esse layout novo (sendo que agora você tem dois Z's, o que pode ser um pouco confuso no começo e na hora de fazer o 'long jump').

O que todo mundo quer saber é como está esse analógico. O que eu posso dizer é que ele não tem 'Deadzone' (área morta, em uma tradução livre), então qualquer movimento no analógico faz o Mario andar.

Eu consegui fazer praticamente todos os movimentos do Mario sem nenhum problema, novamente só precisando eu me acostumar com o layout novo e com o Z.

Super Smash Bros.


Super Smash Bros foi um jogo feito especialmente pensado para usar o analógico, assim se o analógico não for bom então será fácil de saber.

Foi possível fazer "Smash attacks" sem problema, os "tilt attacks" também foram relativamente fáceis de fazer (apesar de eu não ter aprendido direito como fazê-los pois eles exigem precisão tanto do jogador quanto do controle).

O botão Z é ativado ao leve toque, então você não precisa pressionar totalmente o botão, e como no Smash esse botão é muito utilizado, é bom saber que não há problemas com ele.

Além disso, foi com esse jogo que confirmei que o Rumble Pak funciona! E eu usei o Rumble Pak modificado que não usa pilhas (para saber mais sobre isso, veja esse vídeo), então se você fez esse mod no seu Rumble Pak então saiba que funciona.

F-Zero X


Esse jogo exige um analógico preciso, algo perfeito para o meu teste.

A precisão está muito boa, é perfeitamente jogável com esse controle, novamente só um pouco estranho você ter dois botões Z, algo que é preciso se acostumar, contudo não é algo negativo. O Rumble Pak também funcionou perfeitamente nesse jogo.

Esse jogo tem uso essencial do botão Z para atacar os oponentes e fazer as curvas de forma mais precisa, e devo dizer que não tive problema nesse aspecto com esse controle.

The New Tetris


Esse jogo usa exclusivamente o D-Pad e como eu estou muito acostumado com esse jogo, se o D-pad não funcionasse bem, eu já saberia na hora.

O D-pad funcionou bem, não cometi nenhum erro por causa dele, como posicionar peças, tudo foi muito bem natural. Apesar do formato diferente do D-Pad, eu tive uma boa sensação com ele (não é tão ruim quanto os gringos do YouTube estão comentando).

Kirby 64


Assim com o TNT, esse jogo usa exclusivamente o D-pad, não tive nenhum problema com o D-pad nesse jogo, para correr é necessário apertar rapidamente o D-pad duas vezes em alguma direção e isso foi fácil.






Mortal Kombat Trilogy


Não sou nenhum jogador bom em jogos de luta, apesar que eu sei jogar um pouco com o Sub-zero (o que não muda o fato de eu ser uma negação nesse jogo).

Foi relativamente fácil fazer os golpes especiais do Sub-Zero (as famosas meia-lua), apesar que como eu disse, não sou bom jogador de jogos de luta (exceto o Smash), mas o D-pad nesse jogo em específico é perfeitamente funcional.

Por padrão os botões A e B são os socos e o "C↑" e "C→" são os chutes, como o A e B estão "desalinhados" dos restantes do outros botões, isso atrapalha um pouco, lembrando que é possível personalizar os comandos em cada botão, então isso é facilmente resolvido no MKT.

(perceba como os botões A e B estão desalinhados com o restante dos botões)

GoldenEye 007


Outro jogo cujo a sensibilidade do analógico é essencial.

Eu consegui realizar os headshots relativamente fácil e senti que não tive dificuldades com a mira em geral. Como os botões C's são levemente maiores nesse controle, ajudou um pouco na hora de andar com o personagem. Só me atrapalhei um pouco na hora de trocar de armas pois ele usa o "A", novamente o desalinhamento desses botões atrapalhou um pouco.

Mario Kart 64


O analógico foi muito competente nesse aspecto, consegui fazer as curvas muito bem, assim como os drifts.

O Z aqui é usado para segurar os itens, o botão funcionou bem, os itens não foram jogados sem querer, além disso eu até consegui trocar o Z, ou seja, começar segurando o item com o Z da esquerda e depois apertar o Z da direita e soltar o Z da esquerda, o item continuou sendo segurado, demonstrando que os dois Z não entram em conflito.




StarCraft 64


Nunca havia jogado esse jogo, mas o analógico é usado para selecionar as tropas/unidades (como um mouse, segurando e arrastando).

Eu senti que a sensibilidade padrão estava muito alta, o curso estava se mexendo muito rápido, então eu fui no menu de opções e diminuir a sensibilidade até o "0" e o cursor estava em uma velocidade muito boa, foi relativamente fácil selecionar os soldados com esse analógico, apesar de ser estranho de usar o analógico como mouse.



Emulador de NES (Contra e Super C)


O Everdrive 64 v2.5 (cujo eu já estou escrevendo o review nesse momento) tem um emulador de NES, então achei legal testar o D-Pad com esse emulador, escolhi o Contra e o Super C por serem jogos que eu estou muito acostumado e já terminei eles mais de uma vez.

O D-pad funcionou bem, foi possível atirar na diagonal sem nenhum problema, eu pessoalmente já tive problemas em jogar Contra com D-pad ruins, e posso dizer que com o controle da Retro Fighters eu não tive. Como citei antes, os botões A e B estão muito próximos um do outro, isso não atrapalha no final.

Eu só estava um pouco enferrujado no Contra (hsuhsaushsah).

O função Turbo também funcionou no emulador de NES.
(O controle novo acima e o controle original abaixo, vejam as diferenças nos botões)

Os acessórios


Como citei, o Rumble Pak funcionou bem, sem nenhum problema.

O Controller Pak também funcionou, eu testei com os meus dois da Perfomance (o normal e o Plus), e eles foram reconhecidos pelo console e jogos (não de primeira, talvez eu tenha encaixado eles não muito bem). Eu testei com o Robotron 64, cujo eu já tinha um progresso e funcionou bem.

Infelizmente eu não tenho os outros acessórios do N64 (como o Microfone ou o Bio sensor) para testar a compatibilidade, pelos menos é bom saber que o controle é compatível com os dois principais acessórios.

Existe um adaptador USB da Mayflash para os controles de N64, eu pessoalmente não o tenho, porém reza a lenda que esse controle é compatível com esse adaptador, se um dia eu tiver eu direi no futuro.

(dizem que o controle da Retro Fighters é compatível com esse adaptador USB, infelizmente nós não temos como testar isso no momento)

O problema do botão "L"


Conforme é sabido, o botão "L" tem um problema, em que ele encosta no analógico se o mesmo estiver na posição "noroeste". São poucos jogos que usam essa combinação, é algo bem raro de acontecer, eu testei brevemente o Wave Race, mas como eu não sou nem um pouco bom esse jogo, não posso culpar o controle por isso.

É importante salientar que a Retro Fighters já disse que vai disponibilizar botões de reposição ou controles novos para o primeiro lote dos controles, os lote seguintes não terão esse problema, então se você está interessado nesse controle, não se preocupem e podem comprar.

Minha opinião até o momento

O controle tem uma pegada boa, o layout está bom, não acho totalmente perfeito acho que eles poderiam ter deixado os botões A e B alinhados com os botões C's, esse posicionamento atrapalha um pouco de início, principalmente me jogos de lutas que usam os 6 botões.

O analógico é bom e preciso, não tem deadzone, entretanto é preciso deixar bem claro que é praticamente impossível replicar 100% a sensibilidade do analógico original, pois causa da tecnologia que ele usa, mesmo assim, esse analógico é competente e você conseguirá jogar a grande maioria dos jogos sem nenhuma problema. Algo bem legal foi a inclusão do "Octogonal gate" no analógico, podendo ajudar a que já está acostumado a usá-lo.


A função turbo é muito bem vinda, principalmente para jogos como Mario Party onde tem alguns mini-jogos que requerem que o jogador fique apertando loucamente os botões. O Controller Pak e Rumble Pak funcionam bem, infelizmente ele não é compatível com o Transfer Pak, entretanto isso não é algo significativo, são somente 6 jogos americanos que são compatíveis com esse acessório, e mesmo o Pokémon Stadium isso é facilmente resolvido colocando o acessório em outro controle.

O D-Pad ne surpreendeu, eu achei que ele não seria tão bom, por causa do seu formato, só que na prática ele é bem funcional, consegui fazer as famosas meia-luas utilizadas em jogos de luta, além de poder fazer as diagonais em Contra, não é o melhor D-Pad que existe só que ainda sim ele não te dará dor de cabeça.

Eu diria que esse controle é uma alternativa viável para o controle Hori Mini GamePad da empresa Hori, sendo que o controle da Retro Fighters é mais barato.

Ainda sim, é muito cedo para eu dizer se esse é realmente o melhor controle para o Nintendo 64 (muitas pessoas no YouTube e internet estão meio "hypadas" com esse controle), eu ainda quero passar um tempo com esse controle e testá-lo com outros jogos, só depois disso eu poderei tirar conclusões mais concretas sobre o mesmo.

Onde eu compro esse controle?


Você pode comprar ele em 3 sites (é só clicar nas imagens abaixo para ser redirecionado):

No site da própria empresa (preço U$ 30):
http://retrofighters.com/







No site da loja Castlemania (preço U$ 30):
https://castlemaniagames.com/shop?olsPage=products%2Fpre-orders-go-live-saturday-122-9ampst-retro-fighters-brawler64-gamepad







Ou apoiar o novo projeto deles no Kickstarter (de U$ 25 a U$ 30, com o frete para o Brasil saindo a U$ 25), que na minha opinião é o mais recomendado:

Uma sugestão é encontrar outras pessoas que estejam dispostas a comprar esse controle com você e dividirem o frete, dessa forma o valor final ficará mais em conta para todos.

(É importante ressaltar que o N64 Brasil não é afiliado a nenhuma dessas empresas/sites, o controle da Retro Fighters foi adquirido para nosso uso pessoal)


E a análise/review propriamente dita?

 

 

 


Eu primeiro quero passar um bom tempo com esse controle, testar com diversos outros jogos antes de "bater o martelo"  e dar uma opinião final, o objetivo desse texto era só dar uma primeira impressão para poder "acalmar os ânimos" de todos que estão ansiosos por uma análise desse controle em português.

Eu, infelizmente, não tenho como realizar captura de vídeo do N64, então fazer uma análise dele em vídeo é algo muito difícil, eu não estou descartando o mesmo, porém essa limitação me impede de fazer a vídeo análise, além disso, eu mesmo não tenho nenhum conhecimento quanto a edição de vídeo, assim se eu fosse fazer um, eu não ficaria satisfeito com o resultado final.

Eu gosto de escrever texto bem detalhados (quem já leu o meu texto sobre o Conker e Cartucho vs CD sabe que eu gosto de escrever), eu acredito que eu consiga ser mais detalhista em texto do que em vídeo, infelizmente poucas pessoas teriam a paciência de ler um review bem detalhado em texto, ainda sim esse é a opção mais viável para mim.

O Rubens (o outro integrante do N64 Brasil) consegue fazer captura, entretanto vai demorar mais alguns dias para ele receber o controle dele, assim que ele receber, é provável que ele faça algum vídeo mostrando o controle na prática, podemos depois fazer uma live no YouTube comentando sobre o controle e tirando dúvida especificas.

Quanto a uma previsão, na metade de Abril teremos um review detalhado desse controle no Blog!
---------

Vocês pretendem adquirir esse controle?

Quais jogos vocês querem que a gente teste?

Deixem as suas opiniões, perguntas e sugestões abaixo e até a próxima...


Siga-nos em nossas outras redes sociais:
https://pt-br.facebook.com/n64brasil/https://goo.gl/rqRuvKhttps://www.instagram.com/n64brasil/


Compartilhar este artigo
Google ( 0 )

Comentários ( 0 )

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template