terça-feira, 19 de setembro de 2017

Utilidade pública: Como identificar os cartuchos de N64

Posted by | setembro 19, 2017

Mais um post de utilidade pública, dessa vez vamos te ajudar na identificação dos cartuchos de Nintendo 64.

Será um artigo um pouco longo e com muitas imagens.

Como todos devem saber, na label frontal dos cartuchos de N64 tem um código (exceto nos cartuchos nacional), esse código é único de cada jogo, um exemplo disso:

(Clique na imagem para aumentar)


Como se pode ver, abaixo do logo da Nintendo temos a seguinte inscrição "NUS-NGEE-USA".

NUS significa "Nintendo Ultra 64" (nome anterior do N64), "NGEE" é o código do game e "USA"  é a região do mesmo.

Veja que isso varia de região a região:
(Clique na imagem para aumentar)

Como é possível notar pela imagem, esse código varia de região a região, sendo "JPN" para o Japão, "EUR" para a Europa. "AUS" para a Austrália e para o Brasil nada pois somos os diferentões da história.

Existem claro outras diferenças como a disposição do logos na label e art-work, geralmente é bem fácil identificar de qual região é o cartucho só olhando pela label do mesmo (também é possível saber vendo a parte de trás do cartucho).

Só que se a label do cartucho estiver destruída, como é possível saber qual jogo ele é?

A resposta é simples: é só olhar no próprio chip do jogo.
(Clique na imagem para aumentar)

Acima temos um exemplo de uma placa do jogo GoldenEye 007, talvez seja um pouco difícil de ver pela imagem acima:
Agora dando uma girada na imagem, poderemos ver no chip (onde a seta está apontando) que podemos encontrar exatamente esse mesmo código na placa do cartucho, no caso "NUS-NGEE-0", o que corresponde a versão americana do jogo (por algum motivo estranho, a label é da versão Europeia)(o chip CIC também indica isso, pois é o 6102 que era usado nos cartuchos americanos).

Agora o que significa esse "0" que aparece dentro do cartucho?

Antes de ser uma prática comum temos a atualização/correção de um bug ou glitch no jogo via internet, isso era feito no novo lote de um jogo, ou seja, quando era feito a segunda impressão do jogo, ele possivelmente continha as correções dos bugs/glitches.

No N64 o caso mais famoso é do The Legend of Zelda: Ocarina of Time, onde cada uma das versões contem diferenças grandes, isso é principalmente importante para os speedrunners, que usam bugs/glitches para pular partes do game, assim saber a versão exata do jogo é essencial. Deixarei um link falando dessas diferenças (clique aqui, está em inglês).

Vejam que na Label tem o (01) e na placa terá adicionado no código do jogo, indicando então que esse é a revisão.

Isso também poderá ser notado nas versões "Player's Choice":

 
 (Tem um "1" no código da versão Player's Choice)

Normalmente os colecionadores prezam mais pelas versões originais e não pela reimpressões, isso vai do gosto da pessoa.

E cada modelo de placa é diferente, como citei no meu post anterior, Pokémon Stadium não tem bateria, veja como são as placas do Pk Stadium 1 e 2:

 (Pokémon Stadium 1)
(Pokémon Stadium 2)

Comparada a placa do GoldenEye 007 as dos Pokémons são um monstro, isso se confirma pelo peso do cartucho, que serão bem mais pesados que uma grande parte dos outros cartuchos.

Até aqui é possível perceber que cada jogo pode utilizar um tipo de placa diferente, desde a mais simples (GoldenEye) a mais complexas (como a do Ocarina of Time e Pokémon), com isso podemos então saber diferenciar os cartuchos originais dos "não oficiais".


 (Ronaldinho Soccer e a sua placa ... nada de especial nela)

Por isso que se faz obrigatório se ter as ponteiras/chave Gamebit para tal (como já citei no meu outro texto sobre dicas para colecionar, clique aqui para ler), elas te ajudaram nessa parte de identificação da placa e do jogo.

Em um futuro post, eu pretendo mostrar as diferenças entre os cartuchos originais e as "repros" do Ali Express (primeiro eu preciso botar as mãos em uma repro, caso queira fazer uma doação para o blog... ¬¬). Ter esse conhecimento sobre como identificar o cartucho e a versão dele será muito útil.

O link abaixo conterá fotos das placas de praticamente todos os cartuchos de N64 (mesmo o mais Raros como o Castlevania Legacy of Darkness, Bomberman Second Attack e Clay Fighter - Sculptor's Cut). Caso você tenha algum jogo que não esteja listado ou que a foto não esteja boa, mande para nós no nosso email: n64brasil@yahoo.com

Além disso, deixarei uma lista que contem o códigos de todos os jogos de N64 (todos os jogos de todas as regiões) para que seja mais fácil de apurar .

Links de referência:


Esse post será muito útil na hora de pesquisar jogos, pois com isso será possível identificar mais facilmente os jogos e suas variações, bem como se é relabel (apesar que às vezes é possível notar isso a olho nu).

Espero que esse post tenha sido extremamente útil para todos. Qualquer dúvida, deixe nos comentários!

Siga-nos em nossas outras redes sociais: Facebook, YouTube e Instagram.


Compartilhar este artigo
Google ( 7 )

Comentários ( 7 )

  1. Leonardo Mota escreveu:
    23 de setembro de 2017 14:23
     

    De nada brother, por mais matérias (e vídeos) como aquele, abraço.

  2. Alexandre Viana escreveu:
    23 de setembro de 2017 14:23
     

    Muito obrigado, Leonardo!
    E obrigado novamente por ter feito o vídeo do Conker!

  3. Alexandre Viana escreveu:
    23 de setembro de 2017 14:23
     

    Sim, estamos com o objetivo de escrever esse tipo de texto que seja informativo e que ajude a todos. Para depois ficar para a posterioridade!

    Também pode fazer sugestões.

  4. Mardones escreveu:
    23 de setembro de 2017 14:23
     

    Caraca o N64 Brasil tá on fire! Sempre matérias extremamente bem feitas. Parabéns!

  5. Alexandre Viana escreveu:
    23 de setembro de 2017 14:23
     

    Muito obrigado, acho muito importante compartilhar a informação com a comunidade.

    Eu estou a muito tempo de olho nessas repro, mas para escrever um artigo sobre eles, querendo dissecar essa repro para ver se realmente vale ou não a pena.

    O Ronaldinho Soccer foi um jogo pirata vendido aqui no Brasil (no mesmo estilo dos jogos pirata de futebol do Snes), esse jogo foi feito pela TEG Peru. Atualmente é um jogo meio raro de se encontrar por aí. Um dia talvez eu escreva sobre ele (eu tenho ele, mas é possível baixar a ROM do mesmo na internet).

  6. Marcos Zelante escreveu:
    23 de setembro de 2017 14:23
     

    Ótima matéria, ainda mais agora com a invasão de cartuchos reprôs no mercado brasileiro. Ainda não peguei nenhum desses na mão (e sinceramente estou pensando em comprar um "Zelda Master Quest" já que não existe original) eles parecem muito bem feitos, pelas fotos, as carcaças parecem originais, eles devem usar de cartuchos queimados, muito diferentes daqueles vendidos na Galeria Pajé no fim dos anos 90. Esses não precisam nem de adaptador. Mesmo assim a diferença nas placas é bem grande. Agora, esse Ronaldinho Soccer, eu nunca tinha ouvido falar e parece "feito em casa".

  7. Leonardo Mota escreveu:
    23 de setembro de 2017 14:23
     

    Ótimo post, mais uma utilidade utilíssima, kkk, abraço.

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template