quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Entrevista Glenn Plant

Posted by | setembro 13, 2017



É com um grande prazer que nós trazemos hoje mais uma entrevista para o blog, a segunda, nossa primeira foi com o músico Tony Thai que fez o CD com a trilha do F-Zero de Snes no "Style X" (clique aqui para ler). A entrevista de hoje será com uma pessoa bem conhecida pela comunidade de N64, Glenn Plant do canal N64 Glenn Plant! 

Caso queira ler a entrevista em Inglês, é só clica aqui.
If you want to read the interview in English, please click here.

Se mais delongas ...



Por favor, se apresente.
Hey, aqui é o N64 Glenn Plant de Leeds, UK. A maioria das pessoas me conhece do meu canal relacionado ao N64, mas você pode encontrar meu trabalho no Gamester81 ou Retroware. Mais recentemente, se alguém pegar o livro N64 Anthology verá a minha foto e prefácio no livro, não posso confirmar se o mesmo está disponível mundialmente pelo site da geeks-line ou Amazon. Exceto por isso, eu tenho 32 anos, eu tenho jogado N64 desde o dia que ele foi lançado, entretanto eu tenho sorte de ter tido a maioria dos videogames desde que comecei a jogar em 1990. Não é uma novidade que o N64 é o meu videogame favorito e eu continuo a jogá-lo ainda hoje. Você também pode me acompanhar nas lives streaming no YouTube de tempos em tempos e também pode entrar em contato pela minha Fan Page no Facebook.


Quais jogos você mais jogou quando era mais novo?
Eu tive sorte quando era criança de ter novos jogos quase todo final de semana. Eu me lembro vividamente de quase todo sábado de manhã ir telefonar a minha loja de games a exato 9 horas e perguntar quando um novo jogo de 64 chegaria. Então, eu anotaria, falaria com o meu irmão para decidir qual jogo pegar e depois nós decidiríamos quais jogos trocaríamos. Por isso eu nunca realmente tive somente um jogo “fixo” para o console, mas eu sempre adorei jogar games com Co-op com o meu irmão, que é um somente um ano mais novo que eu. Nós começamos no Mega Drive com jogos como Streets of Rage e se o game tivesse um modo Co-op, era uma grande coisa para nós. Dito isso, nós também gostamos de multiplayer como uma família, meu pai e minha irmã frequentemente se justariam em 4 jogadores com nós em games como Mario kart então você pode ver como nós éramos uma “família 64” na segunda metade dos anos 90!

Como o seu canal começou?
Eu comecei o meu canal depois que terminei a universidade, eu havia me graduado em cinema e televisão e eu queria criar um conteúdo que fosse para o meu prazer pessoal. Eu descobri como hobby rejogar games antigos do N64 e analisá-los em vídeo. De lá eu fui escalado pelo Gamester81.com e eventualmente pela retrowareTV. Conforme o canal evoluiu durante os anos eu nunca tive realmente planos em mente, contudo parece que eventualmente acabarei por analisar todos os jogos de N64, que agora é algo que eu nunca pensei que eu estaria perto de terminar.

Como “Japanese Eye” surgiu?
Eu me lembro de ver muito sobre games exclusivos do N64 japonês em revistas, mas raramente eu tinha oportunidade de jogá-los, pois a minha loja de games não importava muito os jogos. Por causa disso eu tinha uma longa lista de games cujo eu sempre quis jogar, pois seria uma nova experiência com o vídeo-game para mim que nunca tive antes. O nome N64 Japanese Eye surgiu de uma revista de N64 que era muito popular na época, assim eles chamavam as análises de jogos japoneses da mesma forma anteriormente na publicação da revista.
Qual é o seu vídeo favorito do seu canal?
Eu não tenho um, contudo eu realmente gosto de fazer o N64 magazine time capsule. Eu tenho uma conexão com as revistas devido as memórias de comprá-las, ler, de ponta a ponta e sonhar como alguns dos games seriam. Eu sinto falta disso no cenário atual de games porque hoje com a internet você sabe tudo sobre o game mesmo antes dele ser lançado, não existe mais surpresa.

Você coleciona Nintendo 64?
Eu costumava ser um colecionador mais ativo, eu acho que já cheguei a ter por volta de 200 games do N64 completos antes de perder o interesse. Não perdi tanto o interesse, mas os preços começaram a enlouquecer. Quando eu comecei a colecionar você conseguiria fazer bons negócios em alguns lugares ou mesmo no Ebay, devido ao fato que os colecionadores estavam no NES e SNES Hype sendo impulsionados pelos canais como o AVGN e outros colecionadores, eles eram os videogames mais legais de ser colecionar. Contudo, com mais pessoas colecionando, eu acho que o N64 tornou-se a segunda opção para se colecionar e por causa de algumas hidden gems, os preços começaram a inflamar rapidamente. Por volta de 2 nos atrás eu vendi toda a minha coleção por alguns milhares de libras mas mantive alguns que tem um valor sentimental. Eu também compro games de tempos em tempos quando eu preciso para analisá-lo, porém eu tendo a não colecionar atualmente e eu dou eles ou vendo para poder comprar o próximo.

Quais consoles você joga além do Nintendo?
Eu tenho um PS4 mas eu não diria que eu sou um jogador ativo de jogos modernos. Eu acho que muitos desses games que são lançados hoje você precisa dedicar mais tempo e se você fica longe por alguns dias, quando você volta esquece completamente o que estava acontecendo no game. Por causa disso, quando eu jogo algo do PS4 prefiro pegar e jogar certos tipos de games. Esse também é o motivo que eu gosto de usar a Steam no meu MAC porque tem muitos games indies que combinam com o meu gosto e que não me importo em jogar quando tenho tempo livre entre o meu verdadeiro trabalho e o meu hobby que é o meu canal no YouTube.

Quais são os games exclusivos do N64 americano e japonês que fizeram falta na Europa/UK?
Eu acho que a maioria dos europeus ficaram chocados quando nós não recebemos o Snowboard Kids 2. O primeiro game foi um sucesso inesperado aqui porque era muito divertido, tinha um bom fator replay e o multiplayer era divertido. Por causa disso eu achei que uma sequência seria lançada com certeza, mas nunca o tivemos.
E qual game cancelado você acha que fez falta na biblioteca do N64?
Eu acho que muitas pessoas amariam que Glover 2 fosse lançado. Eu, pessoalmente, não sou o maior do Glover mas tem muitas pessoas que me perguntam sobre ele, eu tenho certeza que tem alguns fãs. Eu também gostaria de ter visto ODT finalizado porque o beta mostra que poderia ter se tornado um bom game mas eu acho nós sempre podemos jogar a versão de PS1. Eu também gosto de jogar Mini Racers/Tamiya Racing mesmo hoje em dia e de novo eu acho que poderia ter sido popular se eles tivessem terminado e lançado.

Qual é a parte mais difícil quando você analisa um game?
Às vezes para mim é saber que a minha opinião vai contra o consenso geral que as pessoas têm sobre o game. Saber que você está postando uma análise que deixará muitas pessoas bravas é sempre difícil, porém no fim do dia eu sempre digo que é a minha opinião e que todo mundo tem a sua, por isso eu incentivo as pessoas a discutirem sobre o game na sessão de comentários toda vez. Eu gosto de ler as memórias que as pessoas têm com o game, mas, às vezes, pessoas consideram a minha análise como um veredicto final do game cujo é claro que é uma loucura.

Qual é a sua opinião sobre o novo controle para N64 da Retro Fighters?
Eu estou realmente interessado em ver o produto finalizado, eu gostaria de ter visto o protótipo em funcionamento para o Kickstarter, porém ele alcançou as metas então eu estou certo que com o dinheiro que eles geraram eles farão um bom controle no final. Eu estou feliz em ver que há tantos projetos no KickStarter relacionados ao N64 que vão bem e que ajudam a aumentar a fanbase do N64 a ir além.
(Essa entrevista foi realizada bem no início da campanha do controle, quando ainda não havia sido lançado o vídeo do prótotipo)

Você acha que a Nintendo lançará um N64 Classic Mini no próximo ano?
Eu estou 100% certo que eles vão! O SNES Mini venderá feito louco e eu ouvi que a Nintendo já renovou os direitos e patentes etc por vários designs relacionados ao console, minha única preocupação é a escolha dos games que eles serão capazes que prover no console será um número limitado de títulos devido ao grande número de títulos licenciados que os fãs querem, bem como a RARE sendo da Microsoft hoje. Ainda, há alguns bons games da Konami como Goemon que eu tenho certeza que fará uma aparição.

Quais são os seus sentimentos depois de ter contribuído no livro Nintendo 64 Anthology?
Eu estava muito feliz por ser convidado a escrever o prefácio na edição inglesa. O livro em si é excelente, por isso eu fiquei feliz em promovê-lo depois de ler a versão francesa. Eu sabia que a qualidade era boa e que o pessoal da geeks-line tinha feito outros livros que são populares aqui na Europa, então não era um problema para mim. Obrigado a todos que leram e ajudaram no Kickstarter, eu estou certo que vocês estão adorando suas cópias do livro agora!

Qual(is) é(são) o(s) seu(s) game(s) favorito(s) de N64? Por quê?
Claro como muitos, Ocarina [of Time] é o meu título favorito do N64 e quase o meu favorito de todos os tempos. Meus outros são Diddy Kong Racing, Snowboard Kids, Beetle Adventure Racing, GoldenEye, Banjo-Kazooie e são muitos para listar, eu acho que a biblioteca do N64 é subestimada pela maioria das pessoas.

E quais são os games que você não gosta?
É uma pena que o console recebeu tanto games horríveis como Superman 64 cujo afundou o console, porém eu acho que na metade da vida do console, nós também recebemos alguns games horríveis de esporte e também alguns games de corrida. O nível foi estabelecido alto em muitos gêneros que eu acho que alguns estúdios perceberam isso invés de só lançar o game de forma apressada.

Em sua opinião, qual é a pior coisa sobre o N64?
Eu acho que é a falta de RPG que foi o que matou o console. Se alguém fizesse um ótimo RPG 2D no console, eu não sei se venderia, bem as pessoas estavam esperando um RPG 3D épico como Final Fantasy 7. Pensando bem, o console poderia ter bom RPG’s 2D, eu só acho que a indústria estava se focando em fazer o máximo em games em 3D que por um tempo, nós perdemos a arte que eram os sprites. Quem sabe, talvez, um dia nós teremos um RPG feito por um fan no console, porém isto parece estar a anos de acontecer em minha opinião, dado ao fato de como o console é difícil de programar.

É comum que os desenvolvedores façam games “retro”, no mesmo estilo do 64 temos dois exemplos: Freeze me and Yooka-Laylee. Você jogou algum deles? Qual é a sua opinião sobre esses games retro?
Eu pessoalmente não joguei ambos, mas eu tenho que dar uma chance por trazer a atenção de volta ao console. Também tem o MacBat 64 na Steam, cujo todo mundo deveria jogar apesar de ser curto. 



Além dos videogames, o que você gosta? Tem algum outro hobby?

Além dos videogames, eu sou um grande fã de futebol e Liverpool FC é o meu time. Eu assisto a quase todas as partidas e estou feliz que nós estamos de volta à Liga dos Campões este ano. Nós temos alguns bons jogadores brasileiros, eu espero que nós possamos manter Coutinho! Fora isso, minha esposa me mantém ocupado trabalhando em nossa nova casa que nós compramos ano passado e eu também faço trabalho voluntário na minha Catedral Católica romana para retribuir a comunidade.


Qual é o futuro do seu canal? Algum novo projeto?
Eu gostaria de terminar de analisar todos os games nos próximos 2 anos. Eu também tenho sugestões em fazer uma série sobre o legado do N64 com games como Yooka-Laylee sendo fortemente inspirado pelo N64 e de como o console mudou o panorama da indústria. O que seria interessante mas eu preciso encontrar tempo entre fazer análises, episódios sobre revistas, japanese eye e também trazer o N64 beta Project de volta. Pessoas me perguntam frequentemente o que farei quando terminar todos os games do N64 contudo eu acho que isso está a anos de acontecer!

--- 

Quero agradecer novamente ao Glenn Plant por ter aceitado ter feito a entrevista!

Se não conhece o trabalho dele, acompanhe ele no YouTube, RetrowareTv e Facebook.


Compartilhar este artigo
Google ( 0 )

Comentários ( 0 )

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template