terça-feira, 29 de março de 2016

Lost in Translation

Posted by | março 29, 2016



Não! Não iremos falar sobre o filme do Bill Murray de 2003 aqui (o que devo dizer que é um ótimo filme).

O objetivo dessa série nova é mostrar a diferença entre as cover arts americanas e japonesas dos jogos do Nintendo 64.

Uma breve explicação histórica

Desde do Super Nintendo o padrão de embalagem era diferente entre a original e americana (antes ninguém via as caixas como itens importantes de coleção e sim como embalagens), onde na versão japonesa era “em pé” (retrato) e na americana era “deitado” (paisagem), no Brasil o padrão é baseado na versão americana.

O padrão de embalagem europeu é praticamente o mesmo do americano (quando se referente a arte) a diferença principal é o layout, onde no europeu as bordas da caixa são pretas enquanto na americana é vermelho, existem outras como alguns games terem títulos diferentes, entretanto isso será tratado em outro post.

Em meados dos anos 90, teve início a onda do 3D, isso vem desde títulos como Star Fox para o Super Nintendo, Virtual Racing para o MegaDrive, Virtual Fighter para o Sega Saturno e 32X e dentre alguns outros. E com a nova geração de consoles, a onda 3D ficou mais forte, o que logo refletiu em muitas das artes dos jogos americanos, que enfatizava que o título era em 3D (mesmo quando o game não era em 3D, como veremos logo). Por outra via, no Japão, o 3D não era o foco na hora de promover o game, isso tudo gerou uma diferença enorme nas duas versões.

Então preparados?
Vejam aqui alguns exemplos:


F-Zero X










É interessante ver que a imagem dos "carros" foi aproveitada na versão americana, sendo o foco, já a japonesa temos a imagem dos corredores também onde toda imagem tem um efeito de "velocidade".


Perfect Dark


A diferença aqui é enorme, sendo que a americana destacar uma personagem "Badass", enquanto o da japonesa transmite um clima diferente lembrando até mesmo o poster do filme Nikita, uma mulher que aparentemente está passando por uma situação difícil ou mesmo encurralada. Ainda é legal notar o uso de uma atriz para esse trabalho, o que ajuda a indicar que esse título é mais maduro.

(Poster do filme Nikita)

Quest 64


Aqui nem precisa dizer que a versão americana sofre influência da onda "3D" enquanto a japonese segue um estilo de anime.


The Legend of Zelda: Majora's Mask



No caso do Majora's Mask, no Japão, esse game foi lançado em bundle, ou seja, dentro de uma caixa grande vinha o game em si com sua caixa própria e o Expansion Pak igualmente dotado de uma caixa. A ilustração da caixa do bundle e do game são diferentes (A do Bundle é o da direita e do game é da esquerda). É importante notar que em ambos os casos a arte é um desenho e tem cores predominantes de preto, roxo, verdes e azul, o que indica o tom mais sombrio que esse game tem.

Tradicionalmente as ilustrações dos games da série Zelda são mais simples, tendo o logo da franquia e o título específico do game.


O que acharam? Muito diferente?


Em minha opinião pessoal, eu gostei mais das ilustrações japonesas, as artes feitas em 3D são muito estranhas. E a que me chamou mais atenção foi a do Perfect Dark. Quem sabe se a Nintendo americana adotasse a mesma arte a história poderia ter sido diferente.

E vocês? Quais versões você preferiram: a japonesa ou a americana? Comentem.

Logo teremos a parte 2 como outros jogos.

Até a próxima.


Compartilhar este artigo
Google ( 4 )

Comentários ( 4 )

  1. Bruno César escreveu:
    30 de março de 2016 22:22
     

    Uma coisa é certa: Antigamente eles caprichavam nas artes das capas, tanto americana quanto japonesa! Sinto falta desses desenhistas em dias de hoje

  2. Alexandre Viana escreveu:
    14 de abril de 2016 09:23
     

    Eu também, acho essas artes em 3d muito mal feitas!

    Eu já estou preparando o 2º da série. Espero que goste dele também!

  3. Rubens Vilela escreveu:
    29 de abril de 2016 09:17
     

    Muito boa a matéria, não tinha parado pra ler até agora xD
    Eu nunca tinha parado pra pensar nisso, na moral. E realmente, as japonesas são muito melhores.

  4. Alexandre Viana escreveu:
    4 de maio de 2016 09:50
     

    Obrigado, Rubens!
    Espero que você goste dos próximos!

Postar um comentário

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template