sexta-feira, 27 de julho de 2018

Análise: The New Tetris

Posted by | julho 27, 2018

Já tem uma análise desse jogo aqui no Blog, entretanto ela é curta e não dá muitos detalhes sobre o jogo. Assim, decidi escrever uma análise mais profunda sobre esse título.

Título:The New Tetris
Desenvolvedora:H2O Entertainment/Blue Planet Software
Distribuidora: Nintendo
Ano: 1999
Gênero: Puzzle
Número de jogadores: 1-4
Método de salvamento: 256Kbit SRAM (Bateria)
Compatível com Controller Pak



Tetris é um jogo de puzzle que conquistou o mundo nos anos 80 e início dos anos 90, recebendo port para tudo quanto computador, arcade e console disponível no mercado, até que a Nintendo conseguiu os direitos exclusivos de distribuição do jogo para consoles e portáteis, assim o NES, Snes e Game Boy receberam esse puzzle viciante. O N64 recebeu 3 versões desse jogo, o Tetris 64 (exclusivo do Japão), Tetrisphere (uma versão bem diferente, tentando transportar o puzzle em 3D) e por último o The New Tetris.

Hoje iremos analisar o The New Tetris, e ver como ele é e se para um jogo com mais de 10 anos nas costas (naquela época) continuava bom mesmo gerações depois?

Cães velhos podem aprender truques novos

The New Tetris (TNT) começará apresentando vários elementos renovados: música, gráficos e jogabilidade, o “new” do título do jogo se justifica.

Primeiro, vamos falar dos gráficos, apesar de Tetris ser simplesmente peças caindo do céu, você perceberá que o visual do jogo está muito bom, e não só as peças, o background é outro show a parte, está muito bonito, apresentando temas diferentes, baseados em países ou em temas diversos, com isso temos um jogo que com uma apresentação visual ímpar!
 (Alguns exemplos de cenário)

Outro elemento impressionante é a trilha sonora, composta pelo Neil Voss (também compositor do Tetrisphere), desde o tema clássico de Tetris que está renovado, até as músicas de fundo também estão excelentes, sendo que elas combinam perfeitamente com os cenários temáticos. Uma ótima opção que os devs deixaram é a possibilidade de deixar as músicas aleatórias ou o jogador pode escolher a música que quer ouvir.

Ouça algumas das pérolas desse jogo:

Title Theme

Africa Theme

Egypt Theme

Floppy Theme

Mayan Theme

Pyramid Theme



Quanto a jogabilidade ela na sua essência continua a mesma, preencha linhas inteiras sem falhas para elas desaparecerem, quanto mais linhas foram "limpas" de uma vez mais pontos você ganhará, se as peças alcançarem o topo da tela é “game over”. Só que a H2O adicionou algumas coisas que deixam o jogo mais interessante.

Primeiro é a possibilidade de apertar o botão cima do D-Pad “↑” para peça cair imediatamente, assim torna as jogatinas mais rápidas e dinâmicas, outra adição é uma representação gráfica de onde a sua peça vai cair, ajudando os jogadores a se planejarem melhor quanto ao posicionamento da peça e, consequentemente, diminuindo os erros cometidos por colocar a peça em um lugar errado.

A adição mais controversa do jogo é a peça de reserva (hold), é possível deixar uma peça de reserva no lado esquerdo superior da tela apertando o botão “L”, assim se a próxima peça que vier não for a melhor, é possível substituir por uma que seja mais adequada ou guardar o “I” para mais tarde, para alguns puristas isso deixa o jogo mais fácil e remove parte do desafio que é se virar com a peça que é lhe dada, entretanto eu mesmo nem uso essa opção e prefiro esquecer que ela existe.

Agora algo o novo dentro do jogo que torna as coisas mais interessantes são os “Multi Squares” e "Mono Squares", basicamente é o seguinte, se você conseguir formar um quadrado usando 4 peças (formando um quadrado perfeito 4x4), elas se tornarão prateadas ou douradas (prateadas se usar peças diferentes e douradas se4 usar peças iguais), com elas é possível conseguir ainda mais pontos, sendo as douradas que dão mais pontos, entretanto é algo difícil de se conseguir, e será necessário muita prática para conseguir dominar e nova mecânica, todavia uma vez dominada será possível conseguir pontuações insanas.
(Exemplos de Multi Squares e Mono Squares)

O TNT tem alguns modos de jogo: Marathon (jogue até perder), Ultra (limpe 150 linhas o mais rápido possível) e Sprint (faça o máximo de pontos em 3 minutos), todos esses 3 modos é possível jogar sozinho ou multi (contra a CPU ou contra players humanos), por isso só esses modos são bem legais de se jogar multi, mas N64 sendo um console voltando para o multiplayer, o TNT não deixa isso de lado e adiciona algo que torna as partidas mais “agressivas” (não é a toa que na capa do jogo esteja escrito "4-Players Frenzy!", algo como "loucura/frenético 4-Players").

(Um dos melhores multiplayers que o N64 pode oferecer)

O garbage (lixo em uma tradução literal) é o excesso de linhas limpas que podem ser passadas para os outros jogadores, no TNT pode funciona de duas formas: Directed (o jogador pode escolher qual adversário vai receber o garbage, para isso usa os C’s esquerda e direita) e hot potato (batata quente em português, onde o jogador ao limpar linhas o garbage irá aleatoriamente para algum jogador ou voltar para ele, se demora muito para limpar a linha o garbage será acionado).

Esse é um dos jogos que salvam no cartucho, é possível registrar as suas iniciais dentro do jogo e registrar os seus recordes e linhas limpas, porém algo bem interessante é a possibilidade de copiar o seu save para um controller pak (servindo como backup) ou mesmo transferir para outro cartucho de TNT, com isso as suas linhas limpas também serão adicionais no total no cartucho do seu amigo. Isso também possibilita jogar o seu profile em outro cartucho e exportar novamente para o seu jogo! Uma feature bem legal...

Pontos negativos

Nenhum... (hahahaha)

Para não dizer que não tem, o TNT usa bateria para salvar o progresso, entretanto em Tetris isso não chega a ser ruim, e ainda sim, é possível você fazer o backup do save no Controller Pak.

Alguns podem dizer que o jogo tem poucos modos, entretanto antes Tetris tinham quase nada a não ser o modo principal e o multiplayer, além do mais, é possível se divertir mesmo com esses 3 modos.

Valeu a pena?


The New Tetris é uma ótima surpresa, em sua essência ainda é o Tetris, um jogo simples e viciante, contudo as novas adições a fórmula o tornam ainda mais legal e interessante sem deixar de lado a sua origem, dando um novo ar para a série. O multiplayer dele é muito bom, desafiante e bem competitivo, podendo ser um dos melhores multiplayers do N64 (ao lado de  jogos como Mario Kart, Mario Party e Smash Bros.). As músicas são um show a parte, trazendo uma variedade boa que pode agradar a todos. Recomendado tanto para aqueles que estão começando a jogar esse título (a possibilidade de poder trocar de peças pode ajudar bastante) e para veteranos (para dominar a mecânica de Multi e Mono Squares). É difícil de apontar alguma falha no jogo pois o ele cumpre bem o seu papel.

The New Tetris é simplesmente excelente!

---

O que acham do The New Tetris? Já jogaram?
Pretendem dar uma chance ao jogo?

Deixem os seus comentários e opiniões abaixo! Até a próxima.

---

Siga-nos em nossas outras redes sociais:

https://pt-br.facebook.com/n64brasil/https://goo.gl/rqRuvKhttps://www.instagram.com/n64brasil/

Compartilhar este artigo
Google ( 0 )

Comentários ( 0 )

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template