sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Analise: Chameleon Twist

Posted by | novembro 11, 2016


(Finalmente, depois de meses fazendo parte do N64 Brasil, essa é a primeira análise que faço de um game aqui, espero que gostem)

Ficha técnica
Título: Chameleon Twist
Desenvolvedora: Japan System Supply
Distribuidora: Sunsoft
Ano: 1997
Gênero: Plataforma
Número de jogadores: 1-4
Método de salvamento: 4Kbit EEPROM
Compatível com Rumble Pak

Chameleon Twist é um game de plataforma com uma ideia bem interessante e será que vale a pena? Principalmente em um videogame onde Super Mario 64 e Banjo-Kazooie são games consagrados! Confira agora na analise.

Diversão e casualidade é o que mandam aqui

A história é bem simples: Você é um camaleão (Davy) que foi transportado para um mundo estranho ao seguir um coelho, agora o seu objetivo é sair desse mundo, tendo que passar por seis fases, sendo que cada um tem um chefe final.

Você tem a opção de controlar 4 camaleões, cada com uma cor de nome diferente, porém nenhum deles apresenta uma característica única, todos apresentam a mesma jogabilidade, o que é uma pena pois poderia adicional um fator de variedade.

Os movimentos e habilidades dos personagens são baseados na língua: você pode usá-la para atravessar espaços longos, girar em 360º para chegar em outro ponto ou se levantar para dar um salto maior alcançando plataformas que normalmente você não chegaria com o seu pulo normal. Além disso, você pode engolir vários inimigos e cuspi-los como uma forma de ataque. O game possui um modo de “Pratice”, o que é bom para poder aprender a usar melhor essas habilidades.





O jogo é baseado nesses movimentos, onde será necessário usar um ou mais desses movimentos em sequência para passar.

Um ponto positivo é que o checkpoints são frequentes (cada sala que você entra faz um checkpoint automático), mesmo se der um game over você voltará, exatamente, da última sala que estava, o que ajuda a tornar o game algo mais relaxante de jogar.


O principal ponto negativo do game é que ele é muito curto e muito fácil, o máximo que você levará para terminar esse game é em 2 horas (eu terminei em 1h30min), com isso em mente, esse game é perfeito para jogar em uma tarde, sem nenhum compromisso, principalmente se você quer jogar algo que seja mais casual e divertido.

O fator replay é médio, em cada mundo tem um certo número de coroas, você pode voltar nas fases e tentar pegar todas. Outro adicional é que o game salvará o tempo que você levou para terminar as fases, o que pode gerar uma competição de quem terminar mais rápido ou mesmo de speedrun (o game tem slot para 4 saves).


 Esse game possui um multiplayer de até 4 pessoas, no estilo Battle, sendo dois tipos diferentes: Derrubar o seu oponente da arena e sobreviver; e derrubar o seu oponente da arena e tentar ficar menos tempo fora da arena. Cada modo do Battle tem a sua própria arena, no mais, é um multiplayer meio sem graça, não é algo que vai divertir por muito tempo.



Conclusão: Vale a pena ou não!


Se você gosta de games de plataforma, de algo mais simples e divertido ou mesmo jogar algo sem compromisso e que não tome muito do seu tempo, Chameleon Twist é para você! Game simples e divertido, perca por não oferecer um desafio maior e não aproveitar mais as habilidades únicas do personagem, ainda sim é um game que vale a pena conferir.

Já jogou o Chameleon Twist? O que achou? Deixe a sua opinião!

Nos acompanhe nas nossas outras páginas do YouTube e Facebook.


Compartilhar este artigo
Google ( 2 )

2 Comentários

  1. Ulisses 8 Bits escreveu:
    12 de novembro de 2016 15:03
     

    Achei legal esse game quando joguei pela primeira vez, mas para quem espera um game mais denso e com muitas coisas para fazer vai decepcionar um pouco. O 64 tem jogos bem densos e outros bem curtos, como é o caso de outro título chamado Kirby Crystal Stars, muito bonito mas eu achei que poderia ter mais coisas... principalmente por ser um dos principais personagens da Nintendo.

  2. Deivid Schlosser Onório escreveu:
    17 de novembro de 2016 23:49
     

    O jogo possui algumas mecânicas interessantes e como dito é relaxante de jogar. Aqueles que tem pouco tempo e procuram algo mais casual vão se divertir. Eu gosto dele exatamente por isso, encaixar num dia em que e sobrou um tempo.
    Lembro que a primeira vez que terminei o Chameleon Twist foi na casa de um amigo. Ele havia alugado o cartucho e não tinha se interessado muito pois não tinha entendido bem as mecânicas e perguntou se eu queria tentar jogar. Eu peguei e em pouco tempo terminei com ele assistindo. Foi uma experiência divertida e, além disso, o que eu poderia querer mais que terminar um jogo sem precisar alugar?

Postar um comentário

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template