domingo, 13 de fevereiro de 2011

Review: Aerofighter's Assault

Postado por | 15:49:00


Review de Aerofighter's Assault


Alo, alo amiguinhos e amiguinhas amantes
dos jogos de Nintendo64 e também de aviação!
Essa é pra vocês!
[Nem vou falar do Cap. Planeta dessa vez...]

Aqui nós vamos ver, aviões de caça
extremamente modernos e claro,
alguns classicos da aviação mundial.

Claro que este game não é completamente fiel
aos aviões, naquilo que falamos de poder de fogo,
como os misseis e essas coisas -- talvez porque
contactar todas as produtoras de armas, e as armas dos
devidos caças, fosse uma tarefa impossivel.

Mas falando no layout dos caças,
na sua 'cara', e no que chamo de provavel
manobrabilidade dos mesmos...estes ficaram
perfeitos!

E quem fez o game?!
Este game, assim como o classico F-1 1, e F-1 2,
foi produzido pelas empresas Paradigm e VideoSystem,
com licença da Nintendo, no ano de 1997.
[Alguma coisa me diz que essas duas são crakes
em simuladores...]

Já que estamos aqui, vamos direto
para as cARAcTERISTICAs do game!

Jogabilidade

É como foi predito acima.
Acredito que as percepçoes de voo
de cada modelo, foram mantidas.

Mas será que foi apenas isso?
A coisa é a seguinte bons amigos,
todo fã de aviação -- e algumas vezes fã
de Star Wars! -- tem o sonho de se ver voando
nesses lindos caças.
Ai, ai...

Ou mesmo enfrentando alguns outros.
Claro que o controle de voo na integra seria
impossivel colocar no game -- assim ninguem ia
jogar -- mas o essencial foi colocado.

Como o FS-X [F-2] de manobrabilidade incrivel,
mas que pode levar poucas armas.

Ou como o SU-35, com boa quantidade de armas,
mas de dificil manobra -- não que ele manobre mal,
nem pensar, mas é dificil manobrar com ele.

Graficos

Senhores, aqui as duas empresas fizeram o que
fazem muito bem.

Eles sao lindos de mais!
Todos os aviões foram mantidos às suas formas
incriveis. O ceu, o mar, a capacidade de destruir
predios -- Simm! Agente destroe predios!

A sensação intensa de voo.
As cameras em varias direções.
Nossa, é incrivel!







E a sensação para um fã de aviação de defesa,
ao abater o F-22 [o caça mais caro,
e mais letal do mundo] é indescritivel!

Mas também, so possivel no game,
já que como disse, ele é o caça mais letal do
mundo, graças a sua capacidade impar,
de ser Stealth -- invisivel aos radares.











e sobre os Sons?
São perfeitos. Mesmo uma mulher que
fica lhe 'informado' as coisas, ajuda bastante,
por incrivel que pareça.

So falta mesmo uma musica de fundo
para dar uma ajudinha. Pena o cartucho
não caber, mas enfim...

Diversão:

Bom...Se voce gostar de voar, de aviação
de caça, de Star Wars e essas coisas, meu
caro Luke SkyWalker, ela é extrema!

Pra voces entenderem, num dogfight
-- quando um caça 'luta' com outro -- eu fico
gritando quase o tempo todo!




Dificuldade:


Como se diz na Bahia,
rapadura é doce mas não é mole não.

Ela é acentuadissima!
Para se ter uma ideia, esse é o unico game,
que faço review até hoje, que não consegui nem
passar da terceira fase.

E isso no modo Normal!
Demorei duas semanas para vencer o primeiro
Boss -- que é o que voce tem que fazer! -- quase
um mes para passar da segunda, e bem, o resto
é historia.

E alguem acha que isso ofusca o game?!
Alguem, hey, voce ai?! Pois é, eu não acho.


Dicas e Coisinhas leGais
do Game.

Bem, estamos chegando no fim da review.
-Ahhh.
E eu poderia ficar horas aqui falando
sobre as coisas legais e das dicas.


Mas como ainda não o zerei -- se é que vou zerar
-- deixo a dica das dicas -- Não Desista Nunca!

E também, quando voce estiver em dogfight com um rafale
-- o mais dificil de se derrotar no Game -- quando a
coisa ficar feia, não tenha dignidade: Fuja. Aperta o
Pós-Combustor -- a velocidade maxima -- e caia fora para
pegar ele depois.

A maioria das coisas legais eu postei nas fotos.
Assim como curiosidades dos caças, que eu lembrei
de cabeça mesmo. Por que como dá pra ver, gosto
pacas de caças! [Rimou e tudo!]

Mas uma coisa interessante sao os Shuriquens que
o jato japones usa -- o FS-X [F-2] -- e a rajada
de energia, ou sei la, que o Su-35 solta no game.

Claro que isso não existe na vida real,
mas foi uma boa alternativa para o Gamer,
e para os desenvolvedores.

É isso.
Que a força esteja com voces!
Aqui alguns Walls do game:
[Algumas explicações sobre o jogo, estao neles]





















Aviso!!!

Quero dizer que ter as Roms por mais de um dia, que não seja para testes,
neste pais, é contra a lei, portanto, não fazemos -- pelo menos eu, he, he --
apologia sobre o assunto.

Bem que se poderia fazer leis mais serias, ou estudos mais imbuidos de qualquer coisa,
como por exemplo, atacar os maiores mantenedores do crime organizado,
no caso os usuarios -- com propagandas, e marketing forte, como as fotos atras
das carteiras de cigarro.

Mas estes e outros assuntos ficam noutro hora.

Fuiii!

A obra Review de Aerofighter's Assault de Tassio Bruno Ferreira Silva
[eEUcomISSO] foi licenciada com uma Licença Creative Licença Creative CommonsCommons
- Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas
Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em n64brasil.blogspot.com.
Permissões adicionais ao âmbito desta licença podem estar
disponíveis em http://blogdoiml.wordpress.com.


Compartilhar este artigo
Google ( 2 )

2 Comentários

  1. Suicune escreveu:
    14 de fevereiro de 2011 12:21
     

    Nuss kra, esse foi o primeiro jogo do N64 q eu joguei na vida!!!

    Lembro q achava + divertido ficar "demolindo" os prédios da 1ª fase do q cumprir os objetivos do jogo (q na época eu nem sabia qual era \o/)!!!

  2. Anônimo escreveu:
    1 de abril de 2011 13:05
     

    consegui zerar esse clássico graças aos recursos do emulador!!!
    último chefe é uma espécime de ciclope...esquisito, acredito que se não fosse os recurso do emulador eu não zeraria tão cedo...difícil pra kralho, mas compensa!!!!grande clássico e video game da nintendo, valeu!!!!

Postar um comentário

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template