quinta-feira, 17 de março de 2016

Do Project Dream até o Banjo-Kazooie

Postado por | 10:09:00


No final do ano passado, foi postado no canal da Rare no YouTube um vídeo falando do Project Dream e de como ele no final acabou se tornando o tão adorado Banjo-Kazooie que conhecemos atualmente.

 
O vídeo está em inglês e mas tem opção de traduzir a legenda para português


Um pequeno resumo sobre esse vídeo:
O Project Dream era um game que estava em desenvolvimento para o Super Nintendo, era um RPG que usaria a mesma engine do Donkey Kong Country (imagens pré-renderizadas em sprites), onde o personagem principal usava uma espada e o companheiro dele era um cão. Esse jogo teria como premissa o conto de fadas, por isso o nome Project Dream (projeto do sonho, em uma tradução literal).

O projeto foi movido para o novo sistema para Nintendo na época, o Nintendo 64, com a mudança de sistema, a Rare decidiu fazer adaptações no jogo, mantendo o mesmo mundo para exploração, só que em vez de ser um conto de fadas agora o jogo era baseado em piratas, o resultado não deve ter agradado a equipe de desenvolvimento.

Logo, o personagem principal foi substituído pelo Banjo, que antes poderia ter sido um coelho (!), que a ideia era ter um animal como protagonista e que ele tivesse um aspecto mais humanoide. O gameplay passou a ser um side-scrolling 3D (similar ao próprio Donkey Kong Country), a equipe da Rare gostou do personagem e o manteve. Dentre as ideias descartadas estavam a de que o Banjo teria um visual bem skatista e durante o jogo teria um skate para ele usar.

O projeto tomou outro rumo quando a Rare viu o protótipo do que viria a ser o Super Mario 64, eles acharam que o projeto deles estava ultrapassado em comparação ao da Nintendo, principalmente, no quesito de 3D. Em uma semana eles já tinham criado um Level Test com um mundo mais aberto, ao estilo do Mario. Durante a criação dos movimentos/ações do Banjo que a surgiu a Kazooie, como forma para o Banjo pode efetuar o Double-Jump e voar.

É interessante ver como o projeto tornou um rumo totalmente diferente do original, o que não significa que foi para pior, hoje temos o clássico Banjo-Kazooie e a sua continuação Banjo-Tooie.

Para quem é orfã da série e da Rare, só resta esperar pelo Yooka-Laylee.

Até a próxima pessoal.



Compartilhar este artigo
Google ( 2 )

2 Comentários

  1. Bruno César escreveu:
    30 de março de 2016 22:24
     

    Esses caras da antiga RARE e desse novo estúdio que está produzindo Yooka-Laylee são verdadeiros MITOS! Os caras tem talento :D

  2. Alexandre Viana escreveu:
    14 de abril de 2016 09:26
     

    E que talento! Com certeza é um time que faz muito falta para a Nintendo e para o Mercado de games em geral, ainda bem que agora eles fundaram o próprio estúdio e voltaram a ativa. Pq, botar a Rare para fazer jogo do Kinect não dar!!!

Postar um comentário

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template