sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Review: Evangelion (Por Takato)

Postado por | 20:22:00

Olá! Eu sou Takato XXX, amigo do Alan e reviwer free-lancer do Nintendo 64 Brasil. Como primeiro review, vou começar pelo jogo Neon Genesis Evangelion. Bom, vamos começar?


O Anime:

Não tem como fazer um review do jogo sem falar do anime. Lançado em 1995, na revista Shonen Ace, Neon Genesis Evangelion é um anime muito premiado, primeiro por fugir dos clichês de porrada solta da época, segundo por seu enredo carregado de conflitos psicológicos, tema polemico e sua qualidade para a época. O anime conta a historia de Shinji Ikari, de 15 anos, que foi transferido de uma cidadezinha do Japão para Tokyo-3. O que ele não sabia, é que ele só foi transferido porque seu pai precisava dele para o uso de uma arma de destruição em massa a favor da humanidade, a serie de robôs orgânicos EVA. Shinji é a terceira criança, cujo EVA é a unidade 01, e seu dever é proteger Tokyo-3 de monstros, chamados de Anjos.
Junto de Shinji, os outros pilotos, e seus amigos, são Rei Ayanami, a primeira criança – quieta, reservada, fala pouco e tem um passado sombrio. É pilota da unidade 00 (que se destrói 2 vezes ao longo do anime, awww yeah!), e Asuka Langely Soryu – típica garota problemática, odeia Shinji e vive o xingando. Morou a maior parte da vida na Alemanha, e foi convocada para o Japão para poder ajudar na luta contra os Anjos. Além de tudo, garotos pervertidos ficam tirando fotos dela na escola. Vai saber né. E, mais para a frente na serie, somos apresentados a outros 2 pilotos, Toji Suzuhara, grande amigo de Shinji, logo que ele se mudou para Tokyo-3, mas acaba tendo que ser retirado do cargo, e Kaworu Nagisa, garoto muito estranho e muito parecido com Rei, mas dura um pouco mais que Suzuhara, porém, o motivo não vou falar para não estragar a brincadeira. Porém, o destaque se deve aos três pilotos principais. Além disso, temos a muito divertida e simpática Capitã, Misato Katsuragi, com quem o Shinji passa a morar(a força) depois de ser transferido, o pai de Shinji, Ikari Gendou, chefe da organização NERV para qual as crianças trabalham, a cientista Ritsuko Akagi, que tem um grande papel em alguns episódios da série por ser a única capaz de entender o Sistema de Computadores Magi, e mais uma gama de outros personagens. Mas, a historia começa mesmo bem antes da batalha contra os anjos, mais precisamente no ano 2000. Um asteróide colidiu contra a Antartida, transformando-a num mar de sangue e desfocando todo o sistema ecológico do mundo. Ou, é isso que os civis comuns acham. Não irei contar muito para não deixar spoilers, mas na verdade, foi o primeiro anjo, Adão, que se auto destruiu, e provocou algo equivalente a várias explosões atômicas. O objetivo do ataque dos anjos a Tokyo-3 é justamente chegar a Adão. Mas, chega de falar do anime, e vamos ao jogo, que é o que importa aqui!
O Jogo:
É basicamente um jogo de luta muito simples, tendo só dois botões de ação. O objetivo do jogo é completar as missões, que são basicamente matar os anjos. As vezes, o jogo sai do modo luta para entrar num modo shooter. A principio, o jogo parece ser chato e muito parado, mas, com o tempo, você se acostuma com a lerdeza do jogo e começa a gostar bastante dele. Os comandos são bem básicos: A ataca, B defende, pra frente e Z usa o AT Field (Campo de terror absoluto, ou, segundo Kaworu, a projeção física da alma. Serve basicamente como um escudo) e R agarra. O gameplay é em 2D, mas com gráficos em 3D, o que o torna um game em 2.5D. O interessante do game, é que ele possui cut scenes desenhadas, como se fosse o anime, coisa extremamente rara para o Nintendo 64, pois nunca vi nenhum jogo usando algo assim. Fora isso, o jogo é um jogo comum em termos gráficos e técnicos. Os sons são as vozes e sons do próprio anime, outra coisa legal do jogo. Ao todo são 14 fases, uma para cada anjo, e mais a fase 13, que é contra os EVAS dos governos que são contra o Japão. Irei detalhar cada anjo, o que torna esse review um semi-detonado. Mas, antes vou passar um vídeo da primeira missão contra o terceiro anjo(mas o primeiro a aparecer na série), só para você ter uma noção da jogabilidade.


Bom, vamos aos anjos.

Terceiro Anjo, Missão 1 – Sachiel
Sachiel é o terceiro anjo em ordem cronologica e o primeiro em ordem de luta. Ele é relativamente fácil, só se esquive dos ataques e bata nele o maximo possível. Se tiver a habilidade, chegue bem perto e o agarre com o R para fazer uma ceninha especial. São três tipos, se eu não me engano. Mas, esse é fichinha, só pode ser demorado no começo se você nunca jogou. E há a possibilidade de você entrar em modo berseker ainda, onde você usa a faca prograssiva(uma faca que solta ondas ultrassonicas) no lugar do soquinho.


Quarto Anjo, Missão 2 – Shamshel

No estilo do Sachiel, só que ele é mais difícil, e o filho da mãe ainda te agarra e joga bem longe. Aqui você pode sair com faca progressiva também. Tome cuidado com os tentáculos. Fora isso, só bata, como antes.


Quinto Anjo, Terceira Missão – Ramiel

É aqui que chegamos no modo shooter. A missão aqui é exterminar com um tiro o anjo. Mas, o que parece ser fácil é horrível de difícil. A mira infernal fica se desviando do alvo, e é difícil de controla-la, principalmente no emulador. E, ao mesmo tempo em que nós damos o primeiro tiro, o anjo da outro. Daí chega a Rei e se joga na sua frente. Agora você tem uns 10 segundos para dar o segundo tiro, ou é game over. Boa sorte, você vai precisar. Ou, se quiser, use o modo training, para melhorar a sua mira. Mas, ainda sim vai ser difícil.


Missão 4 – Sub-Game, Stop the J.A.

Como sempre, os americanos se acham melhores que os japoneses. Então, para mostrar seu poder, eles criam um EVA que não necessita de piloto, dura mais horas e, é movido a uranio.
Só que, eles não contavam que o J.A. saisse de controle. Cabe a Shinji e Misato pararem ele, antes que ele chegue a cidade e provoque uma explosão atômica!
Esse aqui é fichinha. No começo, você vai ter que correr trás dele para alcançá-lo, segura-lo, e colocar Misato no compartimento interno do robo para para-lo. Então, é só ficar apertando A e C-baixo bem rapido para aumentar a velocidade do EVA-01. Depois de alcançá-lo, Misato vai entrar nele e tentar para-lo pelo computador. Mas a senha dá como inválida. O negocio vai ter que ser no manual. Mas tem muito pouco tempo, pois o J.A. está se sobreaquecendo e irá explodir. Então, enquanto Misato usa sua força descomunal para mover os pistões, cabe a você segurar o J.A. E isso não é dificil. Vai ter uma barra na base da tela, mostrando para que lado ele está pendendo mais. Se ele for para a esquerda, segure direita e alterne os botões de A para C-baixo. Se pender para a direita, segure esquerda e faça a mesma coisa de antes. Umas quatro vezes e Misato consegue(no ultimo segundo). Parabéns, você salvou o dia – de novo. Agora salve e aprecie a proxima animação.
O sexto anjo, Gaghiel, não está presente no jogo. Talvez porque a forma de como ele é destruido não tinha como colocar no jogo. Então, pule-mos para o sétimo anjo.


Sétimo Anjo, Missão 5 – Israfel

Agora, uma coisa boa, você pode jogar com a linda e problematica Asuka, e sua unidade vermelha EVA-02. Agora a coisa esquenta. Shinji e Asuka chegam na costa do japão para enfrentar o sétimo anjo. Asuka, metida e esquentada como sempre, ataca precipitadamente com sua lança, partindo o anjo em dois. O que parecia ter se resolvido piora, Israfel se transforma em 2 anjos. Para derrota-lo, você vai precisar uni-los e extermina-los completamente. Mas aqui voce não vai lutar. Você vai dançar. Literalmente. Para unir os dois anjos, Misato bolou um sistema, em que Shinji e Asuka dançam em conjunto para unir os anjos, e depois derrotá-lo. Aqui é tipo Dance Dance Revolution no controle: aperte os botões C na ordem em que eles veem. Antes você pode ter um treino. Mas, é raro você errar. Só aperte o botão quando a nota piscar, ou dá errado! E seja rápido. São sequências de 3 botões por passo. Enquanto as notas não vem, você pode apreciar a linda animação da dança de combate.Depois da linda voadora dupla, você acaba com o anjo, deixando um arrombo enorme na cidade por causa da explosão. No anime, nessa parte os dois tem uma briga muito engraçada, mas no jogo isso nem ocorre. Enfim, salve e pule para a proxima missão.


Oitavo Anjo, Missão 6 – Sandalphon

A NERV acha um embrião de anjo em um vulcão. Asuka se voluntariou para entrar no vulcão e pegar o anjo antes de ele ficar adulto. Numa geringonça cabulosa para protejer o EVA, e numa roupa que faz Asuka parecer o Faustão 3 vezes mais gordo, você desce tranquilamente pelo rio de lava. Até certo ponto. Quando Asuka finalmente prende o embrião, o maldito atinge a forma adulta. Agora a luta é debaixo da lava. E, sem a faca progressiva que caiu, você vai ter que usar a de Shinji para lutar. Espere o anjo vir. Com B você desvia. Com os direcionais você gira para os lados. Com o Z você abre a tela amarela, e quando o anjo chegar bem perto, use os botões C para bater nele antes que o tempo acabe(com a tela amarela aberta). Depois de três vezes, a Asuka usa a expansão termal(um lance de física que eles estudam mais cedo no episodio). Ela arrebenta os cabos de resfriamento da armadura e reduz o anjo. Quando estava prestes a morrer, Shinji a salva, se jogando de EVA sem armadura na lava para segura-la. Parabéns. Chegamos na metade do jogo. Proxima missão!
Matarael, o nono anjo, também não tem missão aqui, simplesmente porque foi muito facil. Asuka o matou com uma simples metralhadora para EVAS. Agora vamos ao proximo anjo.


Décimo Anjo, Missão 7 – Sahaquiel

É um outro mini-game. Na base da tela, irão aparecer barras verdes. Aperte A nelas para aumentar a barra final. Quando passar as tres barras verdes, na última, aperte A para fazer o EVA pular. Repita isso três vezes. No quarto passo, aperte A e C-baixo bem rapido para segurar o anjo. Depois, Asuka irá enfiar a faca no maldito e ele explodirá, levando um enorme pedaço de Tokyo-3 junto. Para você ter uma ideia, as chances da missão dar sucesso eram de 0.000001%. Então, uma explosão não é nada comparado ao fim do mundo. Simples assim. Próxima missão.
Ireul, o décimo primeiro anjo, é outro que não tem missão, pois ele era um virus de computador, e a doutora Ritsuko o apagou numa técnica ninja para deleta-lo. E, o décimo segundo anjo, Leliel, tembém não teve fase por ser um conflito psicologico(é mais ou menos aqui que a serie começa a ter foco no psicologico dos personagens). Mas, para quem tá curioso, o anjo suga Shinji, e o deixa 62 horas dentro dele, deixando o psicologico dele todo bagunçado. Mas, quando Misato começa a se desesperar, Shinji perde a consciência e o EVA entra em modo berseker e destrói o anjo. Enfim, vamos ao proximo anjo, que na minha opinião, é o segundo mais triste da historia.


Décimo Terceiro Anjo, Missão 8 - Bardiel

É aqui que Suzuhara entra como piloto. Mas, na contaminação do décimo primeiro anjo, o EVA que ele iria pilotar acaba ficando contaminado também, mas sem ninguem saber. Na hora de fazer os testes com o piloto, o EVA se descontrola. Cabe a Shinji para-lo. Porém, Shinji se recusa a matar o anjo, pois tem um humano lá(ele não sabia que seu amigo tinha virado piloto). Seu pai então, com uma tremenda friesa, aciona o plug Dummy System, que tranca os controles de Shinji, e usa um sistema que faz o EVA pensar que o programa é uma pessoa. Então começa a desgraça. Aqui voltamos ao modo luta. Você vai suar muito pra vencer dele, pois o maldito tem ataques a distãncia e arrebenta sua vida com a maior facilidade. Depois de vencê-lo, Shinji vê o amigo todo ensanguentado, e surta de vez. Missão completa.


Décimo Quarto Anjo, Missão 9 – Zeruel

O cara é muito forte. Tem um campo AT tao forte que aguentou uma bomba de hidrogênio que Rei jogou nele. Fatiou o EVA de Asuka só com os braços. Só sobrou Shinji para derrotá-lo. Aqui, você tem que acertar a sequencia de botões. É um direcional(s vezes vem diagonal) e A ou B. Depois de umas sequências, você leva o anjo para fora da base da NERV. Só que a bateria do EVA-01 acaba, e o anjo começa a te destroçar. Mas, mesmo sem baterias, o EVA se move, e entra num berseker muita mais intenso que os outros anteriores. Ele chega ao ponto de comer o anjo. O que não podia ocorrer, pois agora ele é uma entidade perfeita. Terminada a missão, salve e passe para o proximo.


Décimo Quinto Anjo, Missão 10 – Arael

O filho da mãe deixa Asuka louca, entrando na mentre dela e a destruindo. Na orbita da terra, o único meio de destrui-lo é usar uma lança sagrada que a NERV possui e arremessá-la no anjo. Você terá que usar os direcionais para mirar a lança no anjo. Se você conseguir acertar, use A mais C-baixo rapidamente para fazer a lança passar pelo Campo AT. Feito isso, anjo destruído.
Armisael, o décimo sexto anjo, também não tem missão, pois ele é uma projeção de luz que ataca a mente dos pilotos. Rei se auto destroi para destruir o anjo. Chegou a hora do anjo final, e, o mais triste da série.

Décimo Sexto Anto, Missão 11 - Tabris

Uma nova criança foi encontrada. Kaworu Nagisa, um garoto muito estranho, com niveis de sincronia altíssimos, e sem nenhum dado ou registro. Ele rapidamente se torna amigo de Shinji. E, numa das cenas mais gays da historia dos animes, ele diz que ama Shinji enquanto os dois tomam banho numa sauna. Yaoi fans brilham agora XD. Mas então, um alerta de campo AT do padrão azul(o que define um anjo) foi sentido. Dentro do terminal Dogma(a base da NERV). E o anjo estava descendo para onde estava trancafiado Adão. Agora eles tinham menos de um minuto para alcança-lo, ou ele toca adão e o terceiro impacto ocorre, destruindo o mundo todo dessa vez. Quando Shinji chega no anjo, ele tem uma surpresa. Kaworu Nagisa. E ele estava controlando o EVA-02 sem estar dentro dele. Agora Shinji, mesmo contra seus princípios, deve derrotá-lo. Agora, lute contra o EVA-02. Vai ser uma das lutas mais dificeis do jogo. Ele te agarra facil. Uma hora ou outra você vai acabar tendo que disputar forças contra o outro EVA. É só usar A mais C-baixo. Derrotando-o, acaba a missão. Kaworu alcança Adão. Mas na verdade aquilo não é Adão. É Lilith. Então, Kaworu pede para o proprio Shinji matá-lo. Shinji reluta. Kaworu o convence com um papo tocante. Depois de um minuto de pausa, Shinji o esmaga por completo, só sobrando a cabeça(mas isso só aparece no anime). Salve e passe para a antepenultima missão.


Missão 12 e 12.5 – EVAS de produção em massa

Todos os anjos foram derrotados. Porém, o inimigo final é o homem, como diz Fuyuutsuki. Todas as outras 12 potências mundiais mandam seus EVAS de produção em massa para destruir o Japao. Shinji tenta ir a luta, mas com Asuka praticamente doida, e com Rei sem EVA, ele é facilmente derrotado. Depois de muita enrolação, Asuka dá um rage supremo e sai do hospital e vai a luta sozinha contra todos eles. Aprecie a cena em que Asuka dá um show, onde nem misseis gigantes param ela. Você tem 5 minutos, já que seu cabo umbilical saiu da bateria. É só dar um tapinha e os aviões já eram. Depois de derrotar todos, os EVAS de produção em massa Como no anime Asuka só derrota dos 12, aqui você só precisa abater 9 também. Não é tão dificil quanto parece, mas ainda sim é um terror supremo. Acabou, não se preocupe. Ainda vem o mais dificil de todos. E não tem pausa pra save.


Missão 13 – Shinji Strikes Back

Asuka derrota 9, mas os outros 3 sobreviventes a derrotam e comem o eva dela. Isso a deixa fora de combate. E, pra piorar, os EVAS derrotados se regeneram. Agora os 12 estão de volta, e com Asas(fuck yea). O EVA de Shinji renasce, agora com asas também, e mais legais que as dos outros. Com a lança de Longinus, você vai ter que enfrentar os 12 EVAS sozinho. A luta vai ser doida. E dificil. Mas, depois de algumas tentativas, você vai conseguir. Agora, aprecie os creditos, em que aparecem cenas do anime. No fim dos creditos, vai ter uma cena entre Shinji e Asuka. Para quem não entendeu, ela diz “Shinji-kun”. The end. Parabéns. Você fechou um dos jogos mais raros do nintendo 64.

Agoram vamos as pontuações.
Graficos-10. Graficos muito bons, superiores a varios jogos. As CC’s em anime são praticamente exclusivas. Tudo muito bem montado e sem falhas.

Sons-7. Vozes originais dos personagens. Sons também. Musicas nostalgiantes, pois também são da serie. Porém, pecam um pouco, pois são meio “chiadas”.

Jogabilidade-7. Em alguns pontos é boa. Em outras é ruim. Mas, jogando bastante você se adapta. É só uma questão de tempo.

Diversão-8. Os fãs do anime são os que mais se divertirão aqui. Porém, isso não é um jogo para qualquer um. Só mais otakus ou gamers viciados vão gostar. Falo isso como profissional(me achei agora XD). Se você é só um jogador ocasional, esse jogo não é para você.

Fator Replay-5. O jogo pode ser bom. Mas só vale repetir o jogo para ter o prazer de ver as CC’s. Fora isso, é um jogo “One-shot”, pra se fechar no maximo 2 vezes e deixar pra jogar só quando a saudade bater.

Nota final-7. Acima da média. Não é exelente, mas também não é um lixo. É só um jogo para os otakus guardarem no coração e os games na prateleira, pois um cartucho desses é extremamente raro.

Prós: Exelentes CC’s em anime, sons e vozes tirados direto do anime. Gráficos muito bons, sem muitas falhas. Diferentes modos de jogo. Missões as vezes divertidas.

Contras: Dificuldade muito grande. Jogo muito curto. Faltou um modo 2 players ou algum extra. Jogo que não passa a vontade de jogar e jogar varias vezes. Nem todos os anjos tem missão, e nem todas as partes da historia são contadas.
Bem, é isso galera, espero que gostem do meu primeiro review no blog! Até semana que vem com mais um review!


Compartilhar este artigo
Google ( 3 )

Comentários ( 3 )

  1. Gustavo escreveu:
    12 de agosto de 2011 22:47
     

    hum, boa review

  2. Takato XXX escreveu:
    13 de agosto de 2011 09:23
     

    Valeu! ^^
    Fico contente que gostou.
    Semana que vem tem outro, fica ligado!

  3. (-Raf-) escreveu:
    19 de setembro de 2012 21:59
     

    Tem modo multiplayer mas tem que ativar pelo emulador, não é la grandes coisas, mas é legal.

    e sobre jogar mais de 2 vezes acho meio dificil já que pra dar final mesmo vc obrigatóriamente tem que jogar 3 vezes no minimo

Postar um comentário

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template