segunda-feira, 26 de julho de 2010

Manual prático para limpeza de cartuchos de N64!

Posted by | julho 26, 2010

[Atualização: As imagens foram substituídas porque as antigas estavam corrompidas. As novas imagens podem não expressar inteiramente a visão do autor original]

Fala galera, estou de volta! Dessa vez sem postagens desagradáveis como falar de Carmageddon ou Superman 64.
Vamos falar de algo muito útil, e caso já houver sido postado desculpe, mas em uma breve pesquisa no blog eu não vi referências. De qualquer maneira, se já existir esse post, serve ao menos para aqueles que ainda não viram uma matéria relacionada.

É complicado colocar um cartucho no console e ele não funcionar, e geralmente o que fazemos para que ele funcione? Assopramos!
E isso está longe de ser uma medida correta.

É uma fragilidade dos cartuchos a incrível facilidade que o sistema tem de acumular poeira nos contatos.

Quando limpar?

É uma boa idéia limpar seus cartuchos e inclusive o console, mas o fazer apenas se começar a notar bugs em geral. É essencial limpar quando você tem os seguintes problemas:

1. Telas em branco / vazias / coloridas;
2. Gráficos danificados;
3. Games que param de funcionar no meio do jogo ou ao iniciá-lo;
4. Telas piscantes e com algum outro tipo de funcionamento incorreto.

O que é necessário para a limpeza?

1. Cotonetes
2. Álcool Isopropílico - Para limpeza dos contatos, excelente produto que pode ser encontrado em farmácias e lojas de equipamentos eletrônicos.
3. Desinbripante tipo Óleo WD - Uma espécie de óleo que limpa e proteje da umidade. Pode ser encontrado facilmente até em supermercados.
4. Uma chave philips ou chave especial.

Fazendo a limpeza.

1. Após desparafuzar o cartucho, você terá que limpar os contatos do mesmo. Use um cotonete limpo com um pouco de Álcool Isopropilico ou ainda Óleo WD. Surpreenda-se com a quantidade de sujeira que será retirada dos contatos. Se você não tiver acesso a álcool isopropílico ou lubrificante WD, utilize um cotonete seco. Jamais utilize álcool caseiro devido a presença de água em sua composição. A água pode enferrujar os conectores. Quando o cotonete já não sair mais sujo após a limpeza, pare por aqui.



2. Concluído, monte o cartucho novamente com o chip dentro, parafuse tudo o que foi desparafusado e por fim, use uma flanela com um pouco de Óleo WD para deixar o seu cartucho com uma aparência de NOVO e brilhando. Deixe o cartucho num canto para secar na sombra com a temperatura ambiente. É recomendado que os jogos fiquem guardados em saquinhos plásticos individuais.
3. Agora, tenha a certeza de que o cartucho está completamente seco. Insira-o em seu Console e ligue-o. É importante ressaltar que ele pode não funcionar logo de primeira. Nesse caso, é recomendável que coloque e retire o cartucho do console algumas vezes.

4. Se mesmo depois de todo o processo acima o jogo não funciona, tente limpar seu console.
É praticamente o mesmo processo, porem é interessante abrí-lo para a limpeza ter maior eficácia.

Observações:

* A maioria dos cotonetes comercialmente disponíveis não servem para a limpeza dos jogos e acessórios, por um simples motivo: suas cabeças são grandes demais. Para solucionar tal problema, recomendo a manufatura do seu próprio cotonete especial, feito de palito de churrasco (ótimo para limpar o socket do NES) ou de dentes.

A ponta talvez necessite ser retrabalhada com um estilete, para ficar ainda mais fina. Depois, enrola-se um pequeno chumasso de algodão na ponta. É necessário tomar cuidado para que o algodão não se solte ou se enrosque durante o uso. Quando estiver sujo, substitua-o.

Em manta enrolada ou em bolas, o algodão hidrófilo é utilizado tanto na limpeza externa (cases, acessórios) como na interna (contatos, PCBs, lentes, etc.). Recomendo o enrolado para a manufatura dos cotonetes e em bolas para a limpeza externa.



* Conforme a foto acima, um jato de ar comprimido provê uma limpeza inicial eficiente em superfícies cobertas por poeria. Este pode vir de um compressor ou pressurizado numa lata. As latas para limpeza eletrônica não contém ar, mas sim um composto de gases inertes, garantindo que estes não reagirão com a PCB nem com os componentes. Além de utilizados nas placas, estes podem ser utilizados para a limpeza de discos e lentes de unidades óticas.

* Usando esse produto, os conectores devem ser limpos primeiramente com um jato de ar comprimido, para a remoção da poeira fina. Depois, com álcool isopropílico. Nunca assopre com a boca, pois além do ar expelido pelos pulmões ser muito úmido, corre-se o risco de salivar na placa.

Caso estejam com uma fina camada de óxido de cobre que resista à limpeza, esta deve ser removida com uma borracha macia, preferencialmente uma foam japonesa. O procedimento é feito com maior facilidade se o cartucho estiver desmontado. Coloque a PCB sobre uma espuma antiestática ou superfície metálica aterrada.
Passe a borracha apenas em um sentido (e não como se estivesse apagando em um papel), devagar e sem muita pressão. Dê intervalos de alguns segundos entre as passadas, para evitar o acúmulo de estática.

A oxidação ocorre principalmente quando a barreira metálica é arranhada ao longo do tempo, efeito provocado pela remoção/inserção do cartucho no console. Isso ocasiona a migração dos átomos de cobre para a superfície ou a exposição total da camada de cobre.

Após a utilização da borracha, os conectores devem ser novamente limpos com álcool isopropílico, para a remoção dos resíduos. Lembre-se, a borracha deve ser utilizada apenas nos casos em que há formação de óxido. Ela não é um instrumento de limpeza para poeira.

* Uma coisa comum que fazemos e pode interferir no funcionamento do cartucho, é deixá-lo no console após sua utilização. E não é recomendado, pois com o tempo o conector pode se deformar e dificultar o contato.


E claro, pra encerrar tenho que ser honesto!

Fonte: Guia Mercado Livre e Rodrigo Ortega

Meu trabalho foi basicamente peneirar as informações, corrigir algumas recomendações erradas e acrescentar alguns pequenos detalhes pra facilitar o entendimento de todos, mas tenho que citar a fonte pois foi a origem da postagem e consequentemente merece os parabens pela orientação.


Compartilhar este artigo
Google ( 10 )

Comentários ( 10 )

  1. LLL (sou eu mesmo) escreveu:
    27 de julho de 2010 11:09
     

    WOW muito bom.....
    Mas ta parecendo aula com todos esses nomes..... mas eu já limpei o meu INTEIRO, mas tudo com álcool normal.... aushuahsuahsuhaushaushuahsuahshas

    Ah, e eu lambo as fitas se eles não pegam nas sopradas, e SEMPRE funciona. XD

  2. Marcos escreveu:
    27 de julho de 2010 16:05
     

    Ótimo post!
    Mas eu tenho um 64 americano aqui, e qualquer jogo que eu coloco nele fica meio esverdeado, como que eu faço pra limpar o conector? É só jogar o álcool isopropílico no conector e esperar secar?

    *hahaha LLL, eu tbm uso esse esquema, SEMPRE funciona mesmo

  3. Gustavo escreveu:
    27 de julho de 2010 16:12
     

    valeu mesmo por tudo cara, pricipalmente porque sempre que eu termino de jogar eu nunca tiro os catuchos do console, e aliás eu vou tirar agora mesmo XD.

  4. Paulo Forster escreveu:
    27 de julho de 2010 18:58
     

    Olá galera que bom que o tópico foi útil. Estou preparando outro bem interessante tbm =)

    Marcos no caso do console, é recomendado que abra pra facilitar a limpeza. Mas caso tenha medo de fazer algo errado, você pode pegar o exemplo da foto que você terá bons resultados tbm!

  5. Marcos escreveu:
    27 de julho de 2010 21:46
     

    Mas Paulo, como que eu vou passar o álcool no conector do 64? o espaço é muito estreito

  6. LLL escreveu:
    27 de julho de 2010 23:03
     

    Cotonetes. ^^

    Que droga, viajei e dexei uma fita no console.... ta lá faz uns 15 dias já.... sorte que amanhã de noite chego em casa.... ALELUIA!

  7. Anônimo escreveu:
    28 de julho de 2010 18:55
     

    Cara parabéns pelo BLOG, muito Show...

  8. Codemaster Shock escreveu:
    4 de junho de 2011 15:57
     

    Não faz mal manter os carts no console, pois os chips dos carts não exercem pressão suficiente para deformar o slot. Um exemplo: Caso isso acontecesse, donos de PCs estariam ferrados, já que ninguém desconecta todos os periféricos ao desligar.

    O que poderia deforma-lo é a inserção de carts de forma muito agressiva (há seres que "socam" o jogo dentro do console).

    Eu não recomendo o uso de cotonetes e panos em limpeza de eletrônicos DE MANEIRA NENHUMA, eles deixam muitos fiapos e conduzem eletricidade estática, e os aparelhos são muito sensíveis com isso.

  9. Anônimo escreveu:
    12 de fevereiro de 2012 15:35
     

    Acho q para limpar os contatos do console é uma boa usar escova de dentes n? Eu só n sei q produto usar ainda

  10. Anônimo escreveu:
    10 de novembro de 2012 19:02
     

    Ai galerinha, uma ideia pra vcs é o seguinte: peguem um bombril seco pedaço pequeno e limpem o zinabre causado pelo tempo não precisa desparafusar nada, somente limpem as trilhas que se encaixa ao game, restauro fitas e não recomendo abrir.

Postar um comentário

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template