domingo, 28 de fevereiro de 2010

Review :Sin and Punishment

Postado por | 21:22:00


Aposto que você achou que o primeiro jogo desta lista seria Zelda 64 né? Poisé, decidi fazer uma análise deste game completamente heavy metal criado pela nintendo, que apesar de ser ótimo, foi lançado apenas no japão no ano 2000.


A história de Sin and Punishment, ou Hoshi no Keishosha em japonês, se passa na Terra, época em que os índices demográficos estão extremamente altos, e a falta de comida assola a população mundial. Devido a esse fato, cientistas desenvolveram uma nova espécie de criatura, facilmente multiplicável que, supostamente, serviria como alimento para as pessoas. Logo, eles passaram a cria-las no norte do Japão.
Entretanto, com o passar do tempo as criaturas, chamadas agora de "Ruffians" sofreram uma terrível mutação, e atacaram o povo japonês.
Uma organização internacional chamada de "Armed Volunteers" tentaram parar as mortíferas criaturas, porém acabaram se instalando no japão para simplismente oprimir, com armas, o regime japonês.
Com os ruffians e as tropas da Armed Volunteers causando massacres em grande parte do país, rapidamente, o caos foi completamente instaurado no Japão.
Um outro grupo, auto-denominado de Savior Group ou Grupo Salvador, liderado por uma estranha e misteriosa mulher chamada Achi, surge repentinamente para defender o japão contra os ruffians e contra a Armada dos Voluntários.
O jogo se passa com você controlando o personagem Saki, ao lado da líder e de uma garota chamada Airan, e começa com a trupe tentando roubar um transporte dos Armed. Ao longo da história, é possível presenciar muitos acontecimentos interessantes e obscuros, fazendo com que o enredo deste jogo seja grandioso, e deixando o jogador com vontade de jogar sempre mais.

O jogo é do gênero denominado de Rail Shooter , aquele estilo em que o jogador tem um caminho definido, como no novo Resident Evil para Wii, só que em terceira pessoa, e é necessário não apenas atirar, mas também se esquivar, rolar e se mover para os lados, além de saltar e ultrapassar diversos obstáculos.
É ainda possível escolher entre dois estilos, sendo que em um deles, o jogador pode ativar o uso de uma espada, para matar ou defender tiros.

O visual do jogo, apesar de ser um pouco bagunçado, é até agradável e bastante detalhado.É possível reparar perfeitamente nas cicatrizes do protagonista, ou até nos traços representando a estranheza da personagem Achi. O desenrolar do jogo é repleto de explosões e tiros, além da enorme quantidade de inimigos na tela, o que lembra um pouco o clássico Star Fox 64.
O som, apesar de um pouco repetitivo, não faz feio, e representa bem o estilo de jogo.
A jogabilidade é simples e nada complicada.
E para quem diz que o NIntendo 64, ou que a própria nintendo só cria jogos juvenis, tá aí a prova de um jogo com conteúdo, e com uma história nem um pouco juvenil. Uma pena ter sido lançado apenas no Japão..

Gráficos: 8,0
Som : 7,5
Jogabilidade: 10
Diversão: 9,0
Replay: 9,0

Nota Final : 8,5


Compartilhar este artigo
Google ( 6 )

Comentários ( 6 )

  1. Alan Borges escreveu:
    1 de março de 2010 17:19
     

    jogo raríssimo!
    nunca vi esse jogo pra vender.
    Pra falar a verdade, nunca vi esse cartucho!!!

    hauhauhauhauhauhau

  2. Pablo Fonseca escreveu:
    2 de março de 2010 15:36
     

    Nunca vi esse jogo na vida.... mas parece ser excepcional.

    ***
    Ja vi em alguns sites que é possivel jogar n64 online, atraves de um emulador chamado project 64K (que não o famoso project 64), porém nenhum site explica direito como se procede para jogar, pelo menos eu nunca consegui.

    Voces poderia conferir sobre este metodo de se jogar online, nada melhor do que testar, se precisar de ajuda para tentar jogar estou disponivel.

    Imagina se for possivel jogar, poderiam ate organizar uns campeonatos...

    Parabens pelo blog, cada vez melhor.

  3. Alexandre escreveu:
    5 de abril de 2010 16:37
     

    eu vi , o cara tinha esse cartucho numa coleção, lembrei na ora dese review.

  4. sheltontristania escreveu:
    16 de novembro de 2012 13:05
     

    Dúvida: meu nintendo 64 é nacional(serie sabores) se eu tiver um adaptador daqueles que poe duas fitas uma em cima e outra de lado tem condições desse jogo ai rodar nele? to atras desse jogo quase fechando negócio mas preciso saber se procede esse método pra rodar o sin and punishment nele. valeu : )

  5. JMarlon escreveu:
    17 de novembro de 2012 14:27
     

    Esse metódo de pôr duas fitas num acessório, serve para rodar jogos piratas no Nintendo 64 (no qual uma fita é original, e a outra, pirata), mas não posso confirmar se esse metódo também serve ou não para rodar jogos japas no N64 brasileiro. Mas para rodar jogos japoneses em um Nintendo 64 não-japones, existe um adaptador (que aparentemente, é conhecido apenas como "adaptador") usado para rodar jogos japas, tanto em consoles nacionais, quanto em consoles americanos.

    Aqui um link do item a venda no ML:
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-449383101-adaptador-nintendo-64-usar-cartuchos-japones-no-n64-_JM (Só notando que, esse acessório não é vendido por nenhum membro do blog, ou por qualquer pessoa a ele ligado).

    Mas se você não pretende comprar esse acessório, há outros metódos de fazer funcionar, jogos japas. Você pode tentar os seguintes: 1) Cortar as travas de região do cartucho. 2) Pode cortar as travas que há no conector de cartuchos do console. 3) Ou pode abrir a fita japonesa e colocar a placa dela, em uma fita americana.

    Aqui um link de um vídeo:
    http://n64brasil.blogspot.com.br/2010/11/por-dentro-do-assunto-2-destravando.html

    Mas em todos os casos, eu recomendaria comprar o adaptador, pois assim você teria que danificar nenhum item de sua coleção.

  6. dark of escreveu:
    12 de janeiro de 2013 20:55
     

    esse jogo realmente é muito bom terminei ele hoje no meu n64 japones e recomendo a togos q joguei

Postar um comentário

© 2009-2016 N64 Brasil | Template: Yanku-template